Benefícios do Gojo Berry vão além da perda de peso | Shizen Produtos Naturais

Benefícios do goji berry vão além da perda de peso

As garotas mais antenadas com certeza já ouviram falar do goji berry. Isso porque a frutinha vermelha, originária Sul da Ásia, virou sensação entre as brasileiras que fazem dieta. Mas os benefícios vão muito além da perda de peso.

O consumo do goji berry regularmente pode melhorar o bom-humor, a pressão sanguínea, ajuda a controlar o colesterol e, acredite, ela é usada até no tratamento de impotência sexual. Tudo isso porque o goji berry é extremamente rico aminoácidos, vitaminas, minerais e antioxidantes.

Para desvendar tudo sobre esta frutinha que faz tão bem a saúde, e ainda ajuda a emagrecer, o blog Moça Bonita conversou com a nutricionista Juliana Morais de Almeida, Mestre em Ciência dos Alimentos e especialista em obesidade e emagrecimento.

Benefícios

Conforme a médica, os benefícios estão associados aos nutrientes do goji berry, inclusive bioativos da fruta. O goji berry contém cerca de 15% de proteínas, sendo 19 aminoácidos, dos quais oito essenciais, como a isoleucina e triptofano – precursor de serotonina. Pra quem não sabe, esses hormônios estão associados ao bom-humor, alegria e satisfação.

Além disso, a nutricionista informou que o goji berry possui diversos minerais, incluíndo o zinco, ferro, cobre, cálcio, selênio e o fósforo. É rico também em antioxidantes, dos quais se destacam o beta-caroteno (maior concentração até que a cenoura), zeaxantina, luteína (protetores dos olhos) e antocianidinas (anti-inflamatórios e cardio protetor).

A fruta se destaca, ainda, pela alta concentração em vitaminas: contém 2500 mg de vitamina C por 100 gramas. São ricas também em vitaminas B1, B2 e B6 e vitamina E.

Dentre os compostos biotivos do goji berry, alertou Juliana Almeida, estão o beta-sisterol, que tem ação anti-inflamatória e ajuda a equilibrar os níveis de colesterol, além de ser usado no tratamento de impotência sexual e equilíbrio da próstata; o cyperone, que traz benefícios ao coração e à pressão sanguínea; o physalin, fito-nutriente usado nos transtornos da hepatite B; e a betaína, precursora de colina, que auxilia na redução dos níveis de homocisteína, um fator de risco para pessoas com problemas cardíacos, além de proteger a célula em nível de DNA.

Dieta

Por ser rica em nutrientes essenciais que tem por função principal regular o processo inflamatório e oxidante do corpo, o goji berry é um excelente aliado no emagrecimento. A fruta não é tão comum e, por isso, não é fácil de ser encontrada. Mas pode ser achada nas farmácias nas versões desidratada e em cápsula.

“É importante considerar que a versão desidratada contém cerca de 100 calorias (Kcal) para cada duas colheres de sopa, portanto deve ser consumida com moderação, caso contrário pode contribuir para o ganho de peso”, alertou a nutricionista.

Já as versões em extratos, conforme a especialista, são elaborados, em sua maioria, com alguns dos princípios ativos da fruta. Isso significa que alguns nutrientes podem sofrer alteração em compraração com a fruta fresca.

Fonte: Hoje em Dia
Escrito por: Juliana Morais de Almeida – Nutricionista

Benefícios da Chia | Shizen Produtos Naturais

10 motivos para você consumir a Chia

A Chia é um alimento de origem andina, nativa do México e Guatemala. Seus maravilhosos grãos já podem ser considerados super alimentos por serem fontes de proteína, ômega 3, antioxidantes e fibras, além de serem ricos em potássio e cálcio.

Embora recém chegada ao Brasil, a Chia já era consumida há mais de dois mil anos a.C. por povos maias e astecas. Estudos redescobriram a importância desse grão a partir da década de 90 e hoje é freqüentemente utilizada na alimentação de muitos povos da América Latina, mexicanos, norte-americanos, canadenses, japoneses e australianos.

Sugere-se o consumo diário de apenas 40g dessa semente (aproximadamente duas colheres de sopa), já que tem a mesma quantidade de proteína de meio bife bovino, 4 vezes mais ômega 3 do que um filé de salmão, a mesma quantidade de potássio de uma banana grande e sua quantidade de cálcio equivale a um copo e meio de leite integral. Além disso, seu grão é composto 40% de fibras, sendo 36% de fibras insolúveis, podendo oferecer a metade da quantidade diária de fibras recomendadas pela Organização Mundial da Saúde e Organização da Agricultura e Alimentação.

Dentre os benefícios do consumo regular desse alimento, podemos citar:

1. Promove a perda de peso: A grande quantidade de fibras, principalmente insolúveis, promove a saciedade.

2. Melhora a disposição ao longo do dia: O fornecimento de proteínas de boa qualidade, associada aos demais nutrientes presentes nessa semente oferece esse benefício.

3. Controla o açúcar no sangue: A boa quantidade de fibras promove a lenta liberação de açúcar para o sangue, ajudando no controle da glicemia.

4. Fornece ômega 3: A inclusão desse nutriente à dieta, sem a necessidade de consumir salmão ou semente de linhaça para muitos é uma dádiva, uma vez que o ômega 3 protege o coração e regula os níveis de colesterol no sangue, além de facilitar o aprendizado e a memória.

5. Fornece anti-oxidantes: Sabe-se que os anti-oxidantes combatem os radicais livres e, portanto, retardam o envelhecimento e degeneração dos tecidos em doenças como o mal de Parkinson e mal de Alzeimer.

6. Ajuda a prevenir diverticulite: A grande quantidade de fibras promove a prevenção do aparecimento de divertículos oriundos de uma dieta rica em alimentos industrializados e pobres em fibra.

7. Substitui óleos e manteigas nas preparações: Sugere-se que metade do óleo ou gordura a ser utilizada na preparação possa ser substituída pelo gel da chia (02 colheres de chá de chia em 250 ml de água, por 20 minutos).

8. Praticidade para consumir: Embora não tenha gosto, esse alimento é capaz de acentuar os sabores dos ingredientes das preparações as quais incluem a chia. É possível adicioná-la às frutas, vitaminas, saladas, pães, bolos, pudins, chocolates, molhos, ou seja, em qualquer preparação. Além disso, não há a necessidade de triturá-la para obter os benefícios citados.

9. Poupa dinheiro: É possível ter todos os benefícios de uma alimentação saudável ou promessas em cápsulas ricas em ômega 3, fibras, cálcio, proteína e algumas vitaminas e minerais gastando menos dinheiro do que se imagina. O custo de 100g desse grão é de R$3,30. Consumindo 40g por dia, serão aproximadamente R$45,00 por mês.

10. Não contém glúten: a Chia pode ser consumida por celíacos (portadores da doença celíaca), uma vez que não contém o glúten.

Com tantos benefícios, realmente podemos considerar a Chia como um superalimento, porém cuidado com exageros, uma vez que as duas colheres de sopa sugeridas têm aproximadamente 130 calorias.

Fonte: Nutricionista Talita Matos – AC Nutrition

Farinha sem Glúten | Shizen Produtos Naturais

Farinha sem Glúten

Uma dúvida muito frequente dos nossos clientes é a respeito da farinha sem glúten. Eles sempre perguntam aos colaboradores quais são as farinhas necessárias e também suas quantidades para elaborar a substituta da farinha de trigo. Para responder esse questionamento resolvemos postar uma receita bem simples de como preparar uma farinha sem glúten para ser usada no preparo de bolos, pães e salgados.

Ingredientes

500gr de farinha de arroz
250gr de fécula de mandioca
250gr de fécula de batata

O modo de preparo é bem simples, basta misturar bem os ingredientes e guardar em um pote fechado.