Macarrão de Mandioca | Shizen Produtos Naturais

Macarrão de Mandioca?

Você já ouviu falar do Macarrão de Mandioca?

Ele beneficia pessoas celíacas, diabéticas, pessoas com ácido úrico elevado e todas as pessoas que tendem a ter uma vida saudável. Epecialidade aprovada em lojas de produtos naturais e academias. Pela primeira vez o sabor original da boa macarronada, sem sair da dieta!

Um Macarrão Light com 54% Menos Calórico, 55% Menos Carboidrato, 0% de Sódio, 0% de Corante, Livre de Colesterol, Não Contém Glúten, Com Ômega 3, Com Ômega 6, Sem Lactose.
Não contém Ovo.

Coragem para empreender antes dos 30 - Márcio Mikami | Shizen Produtos Naturais

Coragem para empreender antes dos 30 – Márcio Mikami

Brasília é conhecida por ser uma cidade onde boa parte da mão de obra se volta para o setor público. Seus jovens buscam estabilidade financeira em concorridos concursos. Contudo, a Capital Federal tem se revelado também como sendo um dos principais polos empreendedores do Brasil. De acordo com Ary Ferreira, gerente de capacitação empresarial do Sebrae – DF, aqui é a região do pais onde o maior número de jovens se arriscam na abertura de um negócio. A revista Tendências e Negócios entrevistou sete empresários que não recuaram devida ao pouco tempo de experiência e hoje celebram o sucesso de seus empreendimentos. Acompanhe a seguir a história de Márcio Yukihiro Mikami sobre a Shizen:

Coragem para empreender antes dos 30 - Márcio Mikami | Shizen Produtos Naturais

Matchá é mais potente que o chá verde? | Shizen Produtos Naturais

Matchá é mais potente que o chá verde?

Os chás são ótimos aliados para quem quer perder peso rápido. Durante muito tempo, um dos mais consumidos para atingir esse objetivo foi o chá verde, que é termogênico que acelera a queima de gordura. Mas ele acaba de ganhar um concorrente à altura e que promete ser ainda mais eficiente: o matchá.

Sucesso nos Estados Unidos e na Europa, o matchá é extraído da mesma planta que o chá verde, a Camellia Sinensis, mas com um processo de produção diferente, feito de forma artesanal.

 

Matchá: propriedades emagrecedoras

São essas propriedades do matchá que fazem com que o vegetal produza mais clorofila, aminoácidos e l-teanina, substâncias que ajudam a dissolver a gordura e a eliminá-la rapidamente.

Além disso, segundo o endocrinologista Alfredo Cury, do SPA Posse do Corpo, em Petrópolis (RJ), os flavonóides e cafeína encontrados na planta aceleram o metabolismo e, por isso, contribuem para o emagrecimento.

Outro benefício do matchá é que ele ajuda na recuperação muscular e, por isso, é muito indicado para quem pratica atividades físicas regularmente.

Chá para perder peso: como consumir

O matchá é um pó verde pode ser utilizado para preparar o tradicional chá, ou como ingrediente de sucos, vitaminas e até mesmo em receitas de bolos integrais. De acordo com a equipe de nutricionistas do W SPA, no Rio de Janeiro, o consumo recomendado é de 15 a 20 gramas por dia.

 

 

Fonte: Bolsa de Mulher

Goji Berry o Superalimento | Shizen Produtos Naturais

Goji Berry, o Superalimento

As bagas de goji, também conhecidas como Goji Berry, são encontradas predominantemente nas regiões do Himalaia, Tibete e Nepal, norte e sul da China. 

Milenarmente utilizada como alimento funcional, devido à sua composição rica em nutrientes e seus possíveis efeitos benéficos à saúde,

Muitos estudos revelam uma potente ação antioxidante da Goji Berry, relacionada principalmente com o seu alto teor de carotenoides. Além disso, os estudos também demonstram benefícios com relação à proteção ocular, auxilio no tratamento de alguns tipos de câncer, Estudos feitos concluiu-se que os polissacarídeos presentes no Goji berry são capazes de inibir o crescimento de células cancerígenas do cólon humano, diminuição do LDL, triglicérides e aumento do HDL, entre outros.

 

Benefícios do Goji Berry

-Tem ação antioxidante e é riquíssima em vitamina C, seu efeito imune estimulante.

-Ajuda no combate ao envelhecimento.

-Atua na proteção dos olhos e previne doenças da pele.

-Diminui a formação de radicais livres.

-Aumentam a imunidade e ajudam no equilíbrio hormonal.

-A ação anti-inflamatória contribui para a diminuição do colesterol e do cortisol.

-Estimulam a secreção do hormônio do crescimento, promovem a saúde do   fígado, fortificam os músculos, melhoram o humor e aumentam a imunidade.

-Diminuem a glicose e o colesterol presente na corrente sanguínea.

-Aumento da taxa metabólica, redução da circunferência da cintura

-Eles também mostraram melhora na função gastrointestinal, melhora na qualidade do sono e capacidade de concentração. 

- O Goji berry é capaz de estimular o metabolismo e melhorar o rendimento durante a prática de exercícios, contribuindo para a perda de peso. 

Golden Berry e seus Benefícios | Shizen Produtos Naturais

Golden Berry, a Superfruta

O Golden berry é nativo do Peru, Colômbia e Equador, suas propriedades nutricionais o tornam um dos alimentos mais completos, um dos poucos a substituir a proteína da carne vermelha.

 É considerado uma superfruta, por conter propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, esses antioxidantes atuam retardando o envelhecimento precoce da pele e prevenindo doenças degenerativas. “Ele é fonte de betacaroteno, flavonoides e vitaminas A e C”, além de cálcio, ferro e fósforo.

A fruta tem grande quantidade de aminoácidos. Seus aminoácidos fazem uma verdadeira desintoxicação no organismo, o que pode evitar o acúmulo de gordura localizada e o diminuir a intensidade de estrias e celulite.

Além disso, os bioflavonóides são capazes de auxiliar no processo de detox, ou seja, auxilia na eliminação de toxinas do organismo. Essas toxinas são consideradas gatilhos para o desenvolvimento de doenças como cardiovasculares, diabetes e câncer”, previne diferentes tipos de doenças. Ajudar a regularizar os níveis de colesterol e a pressão arterial. Pode contribuir, também, para o fortalecimento do sistema imunológico e para o alívio da TPM. Possui poucas calorias e é rica em fibras, regula a pressão do sangue, melhora o funcionamento do intestino e ajuda a   combater a fadiga e o cansaço. Melhora a concentração e memória, mediante a ótima carga de vitaminas do complexo B .

Reduz o stress e melhora o humor, pois um corpo com muita disposição e uma mente rápida e positiva afasta a depressão.

Vantagens dos produtos Sem Lactose - Shizen Produtos Naturais

As vantagens dos produtos zero lactose

Hoje é possível encontrar diversos produtos zero lactose no mercado. Quais suas vantagens e quem pode consumi-los? A lactose é o principal açúcar encontrado no leite e seus derivados e, para ser digerida, necessita da presença da enzima lactase. Um bebê normalmente apresenta grande quantidade desta enzima no intestino para ajudá-lo na digestão do leite materno, mas ela é comumente reduzida após o desmame, o que pode dificultar a digestão da lactose com o avanço da idade. Para que pessoas com baixa produção de enzima lactase possam usufruir dos benefícios dos produtos lácteos, a indústria tem criado cada vez mais produtos na versão zero lactose. Hoje já encontramos, além do leite, opções de queijos, iogurtes e vários derivados com teor reduzido de lactose. Um litro de leite comum apresenta, em média, 4,9g de lactose. Na versão zero lactose, o alimento se torna mais leve e de fácil digestão.

 

Como são elaborados os produtos zero lactose?

Ao contrário do que se pensa, a lactose não é retirada do produto lácteo. Ela passa pelo processo de hidrólise, ou seja, a molécula deste açúcar é quebrada em duas outras moléculas menores, glicose e galactose, com a adição da enzima lactase. Com isso, os produtos zero lactose não perdem as características sensoriais e nutricionais que fazem do leite um alimento tão completo, e apresentam uma melhora de sua digestibilidade, fato que tem chamado a atenção até mesmo de pessoas que não apresentam intolerância à lactose.

 

Vantagens do consumo de lácteos zero lactose

Em qualquer prateleira de alimentos para dietas especiais podemos encontrar rótulos destacando que certos produtos possuem baixo ou nenhum teor de lactose. A sua ausência ou redução é uma vantagem? Os alimentos lácteos estão presentes em quase todas as nossas refeições e são apreciados por crianças e adultos de todas as idades. O diagnóstico de intolerância à lactose não necessita ser interpretado como uma restrição completa de consumo de lácteos. Com a inclusão de produtos zero lactose na dieta é possível eliminar os sintomas de dores abdominais, inchaços, gases e diarreia que tanto incomodam os intolerantes sem perder o prazer de tomar aquele café com leite que tantos gostam.

 

  • Vale sempre lembrar que o leite é um alimento naturalmente rico em proteínas, vitaminas e minerais importantes para o equilíbrio de nosso organismo.

 

 

Fonte: SemLactose

Receita de Tabule de Quinoa | Shizen Produtos Naturais

Receita: Tabule de Quinoa

Por não conter glúten, a quinoa pode ser consumida sem problemas pelo portadores de doença celíaca, podendo inclusive substituir a farinha de trigo em receitas como pães, massas e bolos. De acordo com os especialistas, uma xícara de farinha de trigo equivale a aproximadamente uma xícara de farinha de quinoa. Aproveite essa receita deliciosa de Tabule e conte-nos como ficou!

Ingredientes:

  • 2 xícaras água
  • 1 xícara quinoa em grãos
  • 1/2 colher de chá sal
  • 4 colheres de sopa azeite de oliva
  • 4 colheres de sopa suco de limão
  • 3 unidades tomate cortado em cubos
  • 1 unidade pepino cortado em cubos
  • 2 maços cebolinha picada
  • 2 unidades cenoura ralada
  • 1 xícara salsa fresca e picada

Instruções de preparação

  1. Em uma panela, ponha água para ferver. Depois que ferver, adicione a quinoa e uma pitada de sal. Abaixe o fogo e cozinhe-a durante 15 minutos.
  2. Deixe-a esfriando em temperatura ambiente. Solte a quinoa com um garfo.
  3. Enquanto isso, em uma tigela, coloque o azeite, o sal, o suco de limão, o tomate, o pepino, a cebolinha, a cenoura e a salsa. Misture tudo com a quinoa, que já deve estar fria.
  4. Para servir unte uma tigelinha e coloque a preparação dentro. Pressione levemente e vire no prato. Enfeite com ramos de salsinha ou hortelã.

Rende até 4 porções;

 

Bom apetite!

Alternativas naturais para substituir açúcar e adoçante | Shizen Produtos Naturais

Alternativas naturais para substituir açúcar e adoçante

O termo açúcar é o nome genérico para designar os diferentes tipos de carboidratos, como glicose, frutose, maltose, lactose e sacarose. Existem também os adoçantes ou edulcorantes, que são substâncias diferentes do açúcar utilizadas para dar sabor doce aos alimentos, ou seja, são utilizadas para substituir totalmente ou parcialmente a sacarose, que é o tipo mais comum de açúcar extraído da beterraba e da cana-de-açúcar.

Riscos à saúde

Sabemos que existem muitos problemas relacionados ao consumo excessivo do açúcar, como o aumento do peso, obesidade e, por consequência, o risco de desenvolver diabetes (saiba mais). Várias pesquisas também apontam os efeitos negativos na saúde provenientes do consumo de adoçantes, como a ingestão em menor quantidade de vitaminas e minerais devido ao maior consumo de adoçantes ou produtos que contêm adoçantes, como os refrigerantes diet. Os adoçantes contém os edulcorantes como princípio ativo, que são substâncias que podem ser artificiais ou naturais. As dúvidas sobre os efeitos na saúde estão relacionadas ao consumo de adoçantes que contêm edulcorantes artificiais, como o aspartame que, ao ser metabolizado, origina produtos que podem causar danos à saúde.

 

Adoçantes alternativos

Como dito anteriormente, existem os adoçantes que contêm edulcorantes naturais, como o xilitol e o stévia ou estévia.

 

Estévia contra diabetes

O edulcorante estévia é extraído das folhas da planta Stevia rebaudiana (Bert.) Bertoni, originalmente encontrada desde o Paraná até o Paraguai, sendo a única dentre 200 espécies de Stevia que possui o extrato usado como adoçante, apesar de ter um sabor levemente amargo. Os usos da planta e dos cristais adoçantes de estévia datam de muitos séculos, sendo aproveitada por diversos índios da América do Sul para adoçar preparações, como chás. Esse extrato que adquire a característica de um pó branco e que não possui calorias, segundo estudo, é utilizado pela indústria de alimentos em bebidas, enlatados, biscoitos e gomas de mascar, tanto no Brasil como no Japão.

De acordo com levantamento realizado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), o estévia tem o poder de adoçar até 300 vezes mais que o açúcar comum, sendo que 16 mg do adoçante natural equivalem a uma colher de sopa de açúcar. A ingestão máxima permitida por dia de estévia é de 5,5 mg/kg de peso corporal.

Segundo pesquisa sobre as propriedades do estévia no tratamento contra o diabetes, o adoçante natural foi capaz de estimular a produção de insulina em testes realizados, mostrando-se efetivo no tratamento.

Outro aspecto positivo do estévia para a saúde, apontado pela mesma pesquisa, é a sua capacidade de atuar como antioxidante, combatendo radicais livres que podem destruir células saudáveis. O estévia também pode ser utilizado para o tratamento de uma doença genética chamada fenilcetonúria, que reduz a expectativa de vida da pessoa portadora, além de causar outros graves problemas.

 

Xilitol previne cáries, osteoporose e outras doenças

O xilitol é um álcool obtido da glicose e da frutose. Ele possui propriedade de limitar a proliferação das bactérias causadoras da cárie nos dentes. O álcool xilitol também é eficiente no combate à bactéria causadora de sinusites e infecções do ouvido.
Como o xilitol não depende da insulina para ser metabolizado pelo organismo, ele pode ser utilizado por pessoas com diabetes tipo I ou tipo II. Para pessoas que estão em estado de pós-operatório ou pós-traumático, o xilitol ajuda na metabolização eficiente da glicose pelo organismo porque proporciona um aumento limitado de insulina e glicose no sangue destas pessoas.

Outro beneficio proporcionado pelo uso do xilitol é no combate e tratamento da osteoporose, ele é capaz de estimular a absorção de cálcio pelo intestino, permitindo que passe do sangue para os ossos.

 

Agave

A família da planta chamada Agave sp. possui várias espécies capazes de produzir o chamado mel de agave ou xarope de agave. As plantas agave são nativas do México e de alguns locais dos Estados Unidos, como a Flórida. As espécies de agave são utilizadas há muitos séculos por indígenas dessas regiões como alimento e para preparo de bebidas. A espécie Agave tequilana fornece a seiva para produção de tequila e existem pesquisas que atestam a possibilidade de usar a substância para produção de etanol.

O mel de agave pode ser utilizado como substituto do açúcar. Esse produto, segundo estudo, é extraído da agave após alguns anos do seu desenvolvimento e antes do período de floração. A seiva adocicada fica armazenada no centro da planta e então é extraída e filtrada. No México, o nome do mel ou xarope de agave é aguamiel. O mel de agave é um antioxidante natural, probiótico, ou seja, estimula o crescimento de bactérias benéficas para o ser humano e possui índice glicêmico baixo (entre 20 e 30), porém ele não pode ser utilizado por diabéticos porque possui de 50% a 90% de frutose em sua composição. Existem estudos que apontam para a contribuição da frutose para o aumento do peso porque ela colabora com o aumento de gordura no corpo e diminui os níveis de produção de insulina.
A seiva de agave possui 16 calorias em uma colher de sopa, as mesmas calorias contida em uma colher de açúcar comum (sacarose), porém a seiva é 70% mais doce do que o açúcar. Desse modo, precisamos de menos quantidade de seiva. É importante que a agave seja utilizada com cautela, principalmente por causa dos efeitos de aumento de peso e devido à grande quantidade de frutose nela presente.

 

Açúcar de coco

O açúcar de coco é amplamente utilizado na Indonésia, sendo conhecido como nira. Na culinária indonesiana, o ingrediente é utilizado em bebidas, lanches e molhos, como o típico molho de soja. A matéria-prima para produção do açúcar de coco é a seiva das flores do coqueiro. Esta seiva é extraída da base das flores que ainda não brotaram. É feito um pequeno corte na base e então a seiva pode ser extraída, rendendo litros, dependendo da quantidade de água que o coqueiro recebeu.
Com relação às propriedades, o açúcar de coco possui bastante sacarose e pouca quantidade de glicose e frutose, pode substituir o açúcar comum em diversas receitas, possui também vitaminas C e B, zinco, ferro, potássio e magnésio. Não é muito recomendável para pessoas diabéticas, apesar de possuir baixo índice glicêmico (35 a 54). O importante é sempre consultar o seu médico para ver se é possível incluir esse alimento na sua dieta.

Como a sacarose está presente em grande quantidade no açúcar de coco, é importante para os diabéticos que o total de sacarose não ultrapasse 10% do valor calórico total da sua dieta no dia, assim como também a Sociedade Brasileira de Diabetes recomenda que a sacarose seja substituída por outros carboidratos no plano alimentar.

 

Farinha de coco

A farinha de coco é obtida como subproduto do leite de coco. Pesquisas apontam que alimentos preparados com farinha de coco possuem índices glicêmicos baixos e que, quanto mais farinha de coco é adicionada ao alimento, menor o índice glicêmico encontrado. Dessa maneira, a farinha de coco, que possui índice glicêmico 35, ajuda na prevenção e controle da diabetes, além de fornecer alternativas para alimentos que possuem altos índices glicêmicos, como massas e pães. Além desses benefícios, a farinha de coco é livre de glúten, possui muitas fibras e proteínas.

 

Fonte: Ecycle